segunda-feira, 26 de julho de 2010

"QUE AMOR É ESTE"







"QUE AMOR É ESTE"
Eliete A. S. Bezerra.

Que amor é este que almejo?
Se não precisa chegar perfeito,
Mas que seja humano e benfazejo...
Que me conquiste e aceite meu inteiro.

Será mera utopia desejar um amor companheiro,
Daqueles do tipo almas unidas que se entendem?
Marcadas num mesmo ideal se compreendem,
Munidas de amor profundo juntas se alimentem?

Que amor é este que tenho guardado,
Trazendo-o assim insano e trancafiado?
Sentindo que não vou desperdiçá-lo...
Jogando-o ao léu de qualquer acaso.

Sei que existe e é tão incompreendido,
Por não desejá-lo só pra momentos...
Tantos o zombam deixando-me sem alento,
Não me convencem sinto-os vazios.

O amor que espero e com calma aguardo,
Sinto! Em breve me chegará de fato...
Sem que eu precise aderir a costumes nefastos,
Só ao meu amado guardarei meus afagos.

Não! Não se trata de mera hipocrisia,
Mas tão somente minha verdade e anistia...
Meus sonhos realizados e sem fantasias,
Entendo que o amor não chega com garantias.

Mas me chegue infinito enquanto sou finita,
Não precisa vir embrulhado com laço e nem fita...
Apenas, verdadeiro, honesto e sincero,
E que seja só meu é tudo que peço.
Postar um comentário

Arquivo do blog

Loading...

Envie sugestões, reclamações ou elogios

Loading...

Tradutor on line

Amigos!!!

Podemos fazer a diferença que pode melhorar o mundo.
Amigos são perolas raras que devem ser
guardadas no cofre de nosso coração. Amigo é coisa séria e devemos
aceita-los e ama-los como são. Nem sempre posso estar com um amigo como
gostaria, ou seja de corpo presente, mas meu pensamento e coração estão sempre
junto de cada um.

By: Eliete A. S. Bezerra.
Eliestrel@.



Membros do blog

Colaboradores

National Geographic Photos

Google Mini Search

ELIESTRELA E AMIGOS