terça-feira, 21 de julho de 2009

Fwd: Ao Acaso!


Ao acaso...

Eliete A. S. Bezerra.

Eliestrel@.

Não resiste o amor mal cuidado...

Relegado aos planos em segundo plano;

Na inércia, esquecido como engano.

Pois! Que incerto é o tempo...

Segue linhas marcadas, Da repugna que causa danos;

E inerente, vela a mente...

Fazendo - a esquecer, tudo que já foi ardente.

E se deixado de lado; _ Qual flor que nasce ao acaso...

Fenece, murcha e morre;

Se encolhe, e se transforma em algo vão...

Endurecendo a alma:_ Solo de sua erosão.

Quando já não a mais tempo...

Morre o amor desiludido;

E enterra-se, ao acaso no descaso do seu desabrigo.

*****

Eliestrel@.

 

 


Postar um comentário

Arquivo do blog

Loading...

Envie sugestões, reclamações ou elogios

Loading...

Tradutor on line

Amigos!!!

Podemos fazer a diferença que pode melhorar o mundo.
Amigos são perolas raras que devem ser
guardadas no cofre de nosso coração. Amigo é coisa séria e devemos
aceita-los e ama-los como são. Nem sempre posso estar com um amigo como
gostaria, ou seja de corpo presente, mas meu pensamento e coração estão sempre
junto de cada um.

By: Eliete A. S. Bezerra.
Eliestrel@.



Membros do blog

Colaboradores

National Geographic Photos

Google Mini Search

ELIESTRELA E AMIGOS